Metodologia Bilíngue

O aluno de uma escola bilíngue confunde as duas línguas?

Não. Na medida em que adquirem uma antecipação da consciência metalinguística – eles se dão conta de que o objeto tem palavras diferentes para representá-lo e diferenciam com qual língua falar devido a situação apresentada. A alfabetização é feita de modo sequencial na segunda língua totalmente associada a materna.

O currículo é alterado?

Não. O currículo é integrado entre o PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais) e o International Standards. Por exemplo, no 1o Ano do fundamental teremos na matemática ”Grandezas e Medidas”. Após aprender o conteúdo, vão transferir para o vocabulário do inglês. Da mesma forma serão associados outros conteúdos exigidos no inglês, porém não exigidos no PCNs. A segunda língua é introduzida com naturalidade e sem pressão.

O português do meu filho vai ficar prejudicado?

Não há prejuízo algum para a língua materna, pois a criança após misturar os dois códigos ( code mixing) , ela começa a trocar de um código para outro quando desejar ( code switching).

Qual a vantagem da escola bilíngue?

O custo benefício é enorme porque os pais vão ver que seus filhos irão crescer expostos a outro idioma como acontece com a língua materna em casa. O processo da língua inglesa será semelhante ao da língua de origem. Assim como na língua materna ela será adquirida na infância e naturalmente.

Comunicação efetiva?

Assim no 5o ano o aluno estará com uma desenvoltura perfeita em inglês. É importante realçar que quando falamos em “desenvoltura”, estamos falando de COMUNICAÇÃO EFETIVA, de alunos que falam e entendem a língua em diversas situações sociais e não apenas recitar listas de vocabulário, cantar uma ou outra música ensaiada ou reproduzir diálogos memorizados. O Módulo adotado é o SYSTEMIC BILINGUAL.

anterior